Mauricio Kus
Nine - Um Musical Felliniano - direção de Charles Möeller & Claudio Botelho


Por Mauricio Kus, 14/05/2015 às 16:37

CHARLES MÖELLER & CLAUDIO BOTELHO DESBRAVAM O UNIVERSO DE FELLINI EM ‘NINE - UM MUSICAL FELLINIANO’

Lançado em 1963, ‘8 ½’ estabeleceu a consagração definitiva de Federico Fellini como um dos grandes cineastas de todos os tempos. Saudado pela crítica como obra-prima, o longa recebeu o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e representou uma quebra de paradigmas, ao misturar diversos planos narrativos. Mais de vinte anos depois, em 1982, o clássico felliniano deu origem ao musical ‘Nine’, que também promoveu uma ruptura estética na Broadway e seguiu uma carreira de sucesso, com incríveis 1729 sessões e cinco prêmios Tony, incluindo o de Melhor Musical.

CHARLES MÖELLER | FELLINI EM NINE | MUSICAL FELLINIANO
Foto: paulistacomfarofa.com.br

Após inspirar o filme homônimo (dirigido por Rob Marshall em 2009), ‘Nine’ ganhará uma inédita versão brasileira, em um espetáculo dirigido por Charles Möeller & Claudio Botelho. Com estreia marcada para 23 de maio, ‘Nine – Um Musical Felliniano’ será a primeira produção teatral a desembarcar no palco do recém-inaugurado Teatro Porto Seguro.

O ator italiano Nicola Lama (‘Um Violinista no Telhado’, ‘O Mágico de Oz’) terá o desafio de interpretar Guido Contini, o protagonista que já foi vivido por Raul Julia (1982) e Antonio Banderas (2003) no teatro e por Daniel Day-Lewis no cinema. Ele será o único homem em um elenco formado por atrizes de gerações e referências diversas, como Beatriz Segall – que faz a sua estreia, aos 88 anos, em teatro musical – e Malu Rodrigues, já uma ‘veterana’ em seu nono musical aos 20 anos. Estrela de ‘Gypsy’, Totia Meireles retoma a vitoriosa parceria comMöeller & Botelho, enquanto Carol Castro, Leticia Birkheur e Mayana Moura fazem seu primeiro trabalho com a dupla.

Sobre mulheres, crises e memórias

Em cena, Guido Contini, diretor de cinema conhecido internacionalmente, está em uma grave crise criativa, sem saber como desenvolver o seu próximo projeto. Para fugir das tensões, ele resolve passar alguns dias em um SPA em Veneza, onde encontra – em diferentes planos, como realidade, memória, fantasia, sonho – todas as mulheres de sua vida: a mãe (Beatriz Segall), a esposa (Carol Castro), a amante (Malu Rodrigues), a musa de seus filmes (Mayana Moura), a prostituta (Myra Ruiz) e a produtora de seus filmes (Totia Meireles).

‘A mulher é a força da natureza, ela gera, concebe e cria. ‘Nine’ fala sobre o poder das mulheres e profetiza que a vida é uma festa de beleza e amor pelo sexo feminino’, ressalta Charles Möeller, que relaciona ainda a narrativa de Fellini com a obra do psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875 – 1961): ‘‘8 ½’ é o mais junguiano dos seus filmes. Ele descobriu todos os seus arquétipos e ‘animas’ e os colocou no filme, que é uma cartilha de signos, sonhos e enigmas’, analisa.

Por conta da estrutura fragmentada e da falta de compromisso com o realismo, Möeller relaciona ‘Nine’ à vertiginosa dramaturgia de Nelson Rodrigues em ‘Vestido de Noiva’. A peça se passa toda dentro da cabeça do Guido, seguindo a lógica de um sonho, onde ele reencontra fantasmas do passado, revê suas musas e tenta criar o seu próximo roteiro.

Os diversos planos de ação aparecem juntos, o que será aproveitado na cenografia de Rogério Falcão, nas coreografias de Alonso Barros e Charles Möeller e no desenho de luz de Paulo Cesar Medeiros. Se Falcão, Barros e Medeiros acumulam dezenas de trabalhos com Möeller & Botelho, o estilista Lino Villaventura faz a sua estreia no teatro musical, ao assinar os figurinos do espetáculo. A coordenação artística é de Tina Salles, parceira de longa data dos diretores.

Uma saga italiana

Com a estreia de ‘Nine – Um Musical Felliniano’ (o subtítulo é exclusivo da montagem brasileira), a obra atemporal do diretor italiano ganha mais um capítulo em sua bem-sucedida trajetória. ‘Fellini era amante dos musicais e a música sempre tinha um papel fundamental em seus filmes. A sua parceria com o compositor Nino Rota é um acontecimento na história do cinema’, ressalta Claudio Botelho, que também assina a direção musical e a versão brasileira.

O desdobramento de ‘8 ½’ em musical foi, portanto, natural. Autores de ‘Nine’, Maury Yeston (compositor e letrista) e Arthur Kopit (autor do texto) começaram a trabalhar na empreitada nos anos 70. Quando estreou na Broadway decadente do início dos anos 1980, se transformou em um raro sucesso do mítico local. Na época, a Times Square estava tomada por casas de prostituição, tráfico de entorpecentes e violência.

‘’Nine’ foi uma grande ruptura para a Broadway, apresentou um espetáculo cerebral, com referências bem diferentes de tudo o que foi feito até então. Foi uma reinvenção’, analisa Charles. O sucesso foi imediato e rendeu 12 indicações – e cinco prêmios – ao Tony e oito prêmios Drama Desk Award. Em 2003, um ‘revival’ trouxe Antonio Banderas como Guido e resultou em mais oito indicações ao Tony e o prêmio de Melhor Revival de Musical. Banderas recebeu ainda o Drama Desk e o Theatre World Award pelo trabalho.

Em 2009, a adaptação cinematográfica de Rob Marshall (‘Chicago’, ‘Annie’) introduziu uma série de inovações ao musical original, principalmente no roteiro e na trilha sonora, com a inserção de novas canções. O elenco, que reuniu astros como Sophia Loren e Penelope Cruz, rodou algumas sequências na mítica Cinecittà, estúdio onde ‘8 ½’ e uma série de clássicos do cinema italiano foram filmados.

Möeller & Botelho: 35 musicais, filme e programa de TV

Trigésimo quinto musical de Charles Möeller & Claudio Botelho, ‘Nine – Um Musical Felliniano’ é também a terceira produção da Möeller & Botelho, produtora que a dupla criou para viabilizar os seus próprios trabalhos. Os outros projetos foram ‘Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos’, que prossegue em cartaz no Teatro Cetip (SP), e ‘Os Saltimbancos Trapalhões’, com estreia em São Paulo prevista para o segundo semestre.

Enquanto o primeiro musical abriu as comemorações pelos 70 anos de Chico Buarque, cumpriu quatro temporadas de sucesso e deu origem a um CD duplo, o segundo promoveu a estreia de Renato Aragão, com 80 anos, no teatro.

O ano marcará ainda a primeira incursão de Möeller & Botelho no cinema, com o roteiro e a direção de ‘Os Saltimbancos Trapalhões 2’, e a estreia de um programa de televisão inédito, criado, escrito e dirigido pela dupla. No ar a partir de 18 de maio, ‘Acredita na Peruca’ reedita a parceria dos diretores com o ator Luiz Fernando Guimarães, estrela de ‘Como Vencer na Vida Sem Fazer Força’, montado em 2013.

NINE – UM MUSICAL FELLINIANO

Um espetáculo de Charles Möeller & Claudio Botelho

Com TOTIA MEIRELES, CAROL CASTRO, MALU RODRIGUES, LETÍCIA BIRKHEUER, MAYANA MOURA, MYRA RUIZ, RENATA VILELA, CAMILLA MAROTTI, LAIS LENCI, LOLA FANUCCHI, ISABELLA MOREIRA E NICOLA LAMA como Guido Contini

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: BEATRIZ SEGALL

Direção Musical e Versão Brasileira: Claudio Botelho
Cenografia: Rogério Falcão
Figurinos: Lino Villaventura
Coreografias: Alonso Barros e Charles Möeller
Design de Som: Ademir Moraes Jr.
Design de Luz: Paulo Cesar Medeiros
Direção Musical e Regência: Paulo Nogueira
Visagismo: Beto Carramanhos
Coordenação Artística: Tina Salles
Produção Executiva: Edson Lopes

SERVIÇO

Teatro Porto Seguro
Alameda Barão de Piracicaba, 740 - Campos Elíseos - São Paulo

Leia também:

Brasileiro em 4º lugar no Model Universe Fitness America
05/12/2013 - 10:1
Este ano foi batido o recorde de participantes, com 700 concorrentes, e o Personal Trainer brasileiro de São Paulo, Rodrigo Sangion, conquistou o honroso...


Asterix chega ao Brasil pela ITC - licenciamento
29/10/2010 - 11:50
Glenn Migliacio, diretor de licenças da ITC Licensing, informa que, após 50 anos no mercado, como um dos lideres mundiais com 8 filmes de animação de longa...


HISTÓRICOS E BADALAÇÕES DO FESTIVAL INTERNACIONAL DE CANNES
23/05/2011 - 0:21
O Festival de Cannes, criado em 1946, conforme concepção de Jean Zay, e até 2002 chamado Festival International du Fim, é um dos mais famosos e prestigiado...


O SILÊNCIO DA MÚSICA, CEM ANOS DE JOHN CAGE
06/04/2013 - 13:49
O Silêncio da Música foi escrito originalmente na passagem do ano 2000, pelo compositor brasileiro Emanuel Dimas de Melo Pimenta, como celebração dos nove...


Espumante Personalizado com sua marca própria sensibiliza os clientes
08/09/16 - 11:44
A DOCDUO é a única vinícola na atualidade especializada na produção de vinhos e espumantes com a marca de seus clientes, criando um produto exclusivo que t...


O DIA EM QUE SILVIO SANTOS ENTROU ESCONDIDO NO HOTEL SÃO PAULO HILTON
26/07/2009 - 22:18
Homem casado entrando escondido em hotel cinco estrelas dá o que falar. Principalmente se este homem é Silvio Santos. Foi o que aconteceu numa bela tarde...


O PAULISTANO É UM SOFREDOR, SOBREVIVENTE, MAS A GENTE AMA SÃO PAULO
06/04/2010 - 6:34
Os padres jesuítas José de Anchieta e Manoel da Nóbrega subiram a Serra do Mar nos idos de 1553 a fim de buscar um lugar seguro para se instalar e catequi...


PARA A DUPLA TELECO E TECO, PALHAÇADA É UM BOM NEGÓCIO E CHEGA AO LICENCIAMENTO
07/11/2011 - 15:21
Resgatando a magia da inocência das crianças e seus momentos de lazer e divertimento, a empresa Planeta Alegria criou a dupla de palhaços Teleco e Teco, qu...


ALAGOAS PRÉ RENAN CALHEIROS
14/09/2009 - 05:43
Vencida a eleição para o Governo de Alagoas, em 1979, o governador Guilherme Palmeira houve por bem fazer uma festa de repercussão nacional, trazendo perso...