Mauricio Kus
SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL


Por Mauricio Kus, 23/05/2013 às 17:29

SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL

Ação multidisciplinar utilizará o Teatro Musical como instrumento de aprendizado e desenvolvimento criativo dos alunos da rede SESI-SP de ensino; projeto também irá beneficiar a indústria brasileira de entretenimento por meio da formação de atores e plateia

São Paulo será palco de uma iniciativa pioneira nas áreas cultural e de educação. Na última segunda-feira (20), o SESI-SP lançou o Projeto Educacional SESI-SP em Teatro Musical. O objetivo da iniciativa é combinar o desenvolvimento do potencial criativo dos alunos da rede SESI de ensino, a capacitação profissional de atores e a formação de plateia para espetáculos de teatro musical. “O teatro musical é um segmento muito importante da nossa indústria cultural. Tem público, tem talentos à disposição, mas ainda enfrenta carência de formação profissional”, diz Paulo Skaf, presidente da FIESP e do SESI-SP. “Com este projeto, vamos proporcionar aos alunos do SESI-SP e aos atores de teatro musical uma experiência inovadora. A população também irá ganhar com a apresentação de um espetáculo grandioso e divertido”, afirma.

A ação inédita irá contemplar oficinas de vivência, curso de formação de atores e sessões gratuitas do musical A Madrinha Embriagada, com direção e tradução de Miguel Falabella. A peça é uma adaptação do premiado The Drowsy Chaperone, que estreou na Broadway em 2006. Durante 11 meses, 150 mil espectadores poderão assistir à comédia musical em oito sessões semanais, no Teatro do SESI - São Paulo, na avenida Paulista. “O projeto do SESI-SP já nasce bem-sucedido. Somos um povo extremamente musical e esse gênero de teatro encontra sua plateia com muita facilidade no Brasil”, destaca o ator e diretor Miguel Falabella.

O SESI-SP desenvolveu e está implantando o Projeto Educacional SESI-SP em Teatro Musical com recursos próprios, sem captação de leis de incentivo à cultura. Seu orçamento inicial é de cerca de R$ 14 milhões, incluindo a grade curricular educacional e a produção e realização da temporada da peça A Madrinha Embriagada. O projeto inédito baseia-se no reconhecimento desta linguagem teatral como uma indústria criativa na cena brasileira. Estimativas do mercado cultural apontam que o Brasil é o terceiro maior produtor mundial de montagens de teatro musical, ficando atrás apenas dos EUA e da Inglaterra. Entretanto, não existe no Brasil grande disponibilidade de cursos de formação de atores que façam a fusão do ensino de interpretação, de canto e de dança, com padrão internacional.

Para criar o Projeto Educacional SESI-SP em Teatro Musical, o SESI-SP conta com a consultoria da produtora paulista Atelier de Cultura, de Cleto Baccic (Cats e Mamma Mia), e também dos atores Saulo Vasconcelos (O Fantasma da Ópera, A Bela e a Fera, Cats, A Noviça Rebelde), Sara Sarres (O Fantasma da Ópera, Mamma Mia, Família Addams e Shrek), Vivian Albuquerque (Aladim, Hair), dos diretores Floriano Nogueira (ex-Time For Fun) e Christina Trevisan (Tieta, Avenida Q, Grease), e pelo maestro Carlos Bausys, diretor musical das produções de Miguel Falabella. Para o ator Cleto Baccic, diretor do Atelier de Cultura, o mercado atual necessita uma fonte coesa para formação e desenvolvimento de artistas. “Vivemos um momento muito importante no teatro musical brasileiro e, sem dúvida, o programa do SESI-SP cria espaço para a profissionalização de novos artistas”, avalia.

Composição do Projeto Educacional SESI-SP em Teatro Musical

1. Oficinas de Vivência em Teatro Musical:
Iniciam a partir da primeira quinzena de agosto, no Centro de Atividades do SESI Vila Leopoldina. Após a implantação das turmas piloto, o SESI-SP irá implantar as oficinas de vivência nas demais unidades de ensino do Estado. As aulas irão proporcionar o acesso à linguagem do teatro musical para os alunos da rede SESI de ensino, complementando seu desenvolvimento cognitivo e motor. Serão três turmas em faixas etárias de 12 a 15 anos, de 16 a 18 anos e acima de 18 anos, totalizando 90 vagas.

2. Montagem de espetáculo de Teatro Musical: A peça A Madrinha Embriagada terá direção e tradução de Miguel Falabella, elenco de 25 atores, orquestra com 15 músicos, Stella Miranda como atriz convidada e orçamento de R$ 12 milhões. Durante 11 meses, serão realizadas 325 sessões do musical com ingressos gratuitos, para ampliar e democratizar o acesso do público. O texto original é de quatro autores canadenses. The Drowsy Chaperone foi o espetáculo mais premiado na Broadway em 2006: ganhou cinco Tony Award e sete Drama Desk Award. Um de seus autores é Don McKellar, roteirista do filme Ensaio Sobre a Cegueira, ao lado de José Saramago, dirigido por Fernando Meirelles. Serão oito sessões semanais, sendo duas destinadas a agendamentos escolares para instituições de ensino públicas e privadas, no período da tarde. Com intuito de reunir mais de 150 mil espectadores, o SESI-SP vai investir R$ 80 por espectador durante toda a temporada.

3. Curso de Formação de Atores em Teatro Musical:Com duração de três anos, o curso será implantado em março de 2014. Serão abertas 90 vagas por ano e a seleção dos candidatos será por meio de audições. Um extenso trabalho de pesquisa foi desenvolvido com mais de 50 personalidades do teatro musical brasileiro, a fim de montar a estrutura básica do curso. Além disso, a equipe do SESI-SP e do Atelier de Cultura visitou quatro universidades nos EUA (University of Florida, Tisch School of the Arts, em Nova York, Carnegie Mellon, em Pittsburg, e The Boston Conservatory) e na Inglaterra (Royal Academy of Music e Urdang Academy) para pesquisar os melhores cursos oferecidos no exterior. O custo inicial para estruturação do projeto é de R$ 1,2 milhão.

Sobre o SESI-SP Cultura

Há mais de 60 anos, o SESI-SP fomenta e difunde manifestações artísticas em diversas linguagens, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida dos industriários e da comunidade. Os projetos culturais da entidade, que abrangem as áreas de artes cênicas, música, literatura e artes visuais, visam fortalecer e promover a multiplicidade da arte em seus aspectos estéticos, sociais e culturais, incentivando o exercício da cidadania. Localizados em todo o Estado de São Paulo, os 55 centros de atividades culturais da instituição realizam espetáculos teatrais, musicais e de dança; encontros literários; mostras de cinema e exposições – complementados por ações educativas. Atuando efetivamente na formação de plateias, o SESI-SP atende cerca de três milhões de pessoas anualmente.

Fotos: São Paulo, 20 de maio de 2013

Cerimônia de Lançamento do projeto educacional em teatro musical no Teatro Sesi-SP.
Da esq. p/ dir.: Baccio, Miguel Falabella, Paulo Skaf, Walter Vicioni, João Carlos Martins.
SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL

Elenco do Musical A Madrinha Embriagada se apresenta durante cerimônia de Lançamento do projeto educacional em teatro musical no Teatro Sesi-SP.
SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL

Miguel Falabella e Paulo Skaf durante cerimônia de Lançamento do projeto educacional em teatro musical no Teatro Sesi-SP
SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL

Cerimônia de Lançamento do projeto educacional em teatro musical no Teatro Sesi-SP
SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL

Cerimônia de Lançamento do projeto educacional em teatro musical no Teatro Sesi-SP
SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL

mkus@uol.com.br

Leia também:

Jornalismo e emoção sobre Leila Diniz no site de Marcelo Pestana Carlos Cirne
09/05/2014 - 0:31
Londres, junho de 1972, 12 horas, domingo de sol na velha Albion, talvez o único domingo de sol daquele verão londrino. Éramos um grupo brasileiro alegre,...


HISTÓRIAS DE ELEVADOR
30/03/2011 - 11:26
O elevador hoje faz parte da nossa vida, e, em certos casos, em prédios de alta densidade de escritórios, cerca de 10.000 pessoas entram diariamente neste...


Bratz estão de Volta! Cuidado, Barbie
28/06/2011 - 11:51
NEW YORK (CNNMoney) -- Cuidado Barbie. Uma guerra de bonecas neste Verão está prestes a explodir, porque o sua arqui-rival - as atrevidas, bonecas Bratz - ...


PARA A DUPLA TELECO E TECO, PALHAÇADA É UM BOM NEGÓCIO E CHEGA AO LICENCIAMENTO
07/11/2011 - 15:21
Resgatando a magia da inocência das crianças e seus momentos de lazer e divertimento, a empresa Planeta Alegria criou a dupla de palhaços Teleco e Teco, qu...


Brigitte Bardot é homenageada com exposição em hotéis Sofitel dos Estados Unidos
02/03/2012 - 11:52
Musa dos anos 50 e 60, a atriz Brigitte Bardot deixou, definitivamente, sua marca na história do cinema. Com gestos ora angelicais, ora sensuais, BB, como ...


KING KONG, QUEM DIRIA?ACABOU NO PLAYCENTER
15/05/2011 - 22:55
O filme 'King Kong', foi o primeiro a furar a barreira de um milhão de dólares no Brasil, em 1977, quando foi exibido com distribuição da Paris Filmes. Po...


Trade-In Total - controle e rentabilidade para a operação de carros usados e seminovos
13/11/2012 - 17:21
O crescimento do mercado de veículos novos apresenta crescimentos expressivos a cada ano e trazem também importantes reflexos no mercado de veículos usados...


JANTANDO COM UM MITO DO CINEMA: WILLIAM WYLLER
31/03/2010 - 2:49
Se o Data Folha ou o Ibope resolverem fazer uma pesquisa nas longas filas que se formam nos cinemas que exibem “Avatar”, para ver quem conhece ou ouviu fal...


AS BOND GIRLS AGITARAM SÃO PAULO NOS ANOS 80/90
24/10/2009 - 2:2
A primeira vez que eu e Sarinha, minha esposa, fomos para Roma foi em meados dos anos 60. Na primeira noite, no saguão do Cavalieri Hilton, onde estavamos ...