Mauricio Kus
CLIFF ROBERTSON, A VITÓRIA DO BOM MOCISMO EM HOLLYWOOD


Por Mauricio Kus, 07/06/2011 às 11:15

Hollywood tem uma longa história de atores que criaram problemas para os estúdios, levando os produtores e diretores à loucura, com suas exigências, vidas aventurosas, e alguns até sofrendo de chiliques que atrasavam todo o organograma de filmagens.  Não vamos nos alongar desfilando todos eles, basta apenas destacar Errol Flynn, James Dean, Dennis Hooper e o recentemente recuperado – hoje grande astro – Robert Downey Jr.

Vamos falar dos bonzinhos, cumpridores de horário, fala decorada no set, comportamento exemplar em público, os classificados na categoria de bom mocismo de Hollywood.  Cary Grant, Tyrone Power e Cliff Robertson, fruto desta crônica são alguns deles.

Cliff Robertson visitou o Brasil em 1969 a convite da Condor Filmes para promover o filme “Os dois mundos de Charlie”, onde fez o papel principal e ganhou o Oscar de melhor ator por sua atuação.

Veio acompanhado da esposa, a socialite, investidora e atriz Diana Merril, com quem ficou casado durante 20 anos.

Eu e Sarinha organizamos a programação promocional do ator, sempre acompanhado de Dina Merril (elegante, charmosa, roupas de grife, uma verdadeira lady).

Herdeira das famílias multimilionárias, Hutton e Merywheater, dedica-se atualmente a investimentos e participa de conselhos de grandes corporações, administrando as fortunas da família.

Ciff Robertson, nascido em La Jolla, Californiam, em 9 de setembro de 1923, foi batisado como Clifford Parker Robertson III, filho de Audrey Willingham e Cliford Parker Robertson II.

Começou sua vida como jornalista em Ohio, onde fez a faculdade e descobriu a vocação para o teatro.

Mauricio Kus, como organizador da coletiva à imprensa, atuou como tradutor de Cliff Robertson.


Após atuar em várias peças teatrais, e aparecer em alguns teleplays, estreou no cinema em “Pic nic”, ao lado de Kim Novak e William Holden. Começou aí uma carreira vitoriosa de dezenas filmes, que o transformaram em astro de primeira grandeza em Hollywood, onde além de um Oscar, tem seu nome em uma estrela da Calçada da Fama, localizada no número 6801 da Hollywood Boulevard. Também atuou como ator em teatro, escreveu histórias e foi diretor de cinema e teatro.

Em 2002, praticamente afastado do cinema, foi convidado para viver o tio assassinado de Peter Parker, o “Homem-Aranha”, participando dos três filmes da franquia.   Como morre no primeiro, aparece em flash backs nos dois outros filmes da série.

Cliff Robertson é o único ator a ter ganho um Premi da Academia (Oscar), o Prêmio Emmy (melhor ator de TV) e os Theater World Award, além do Advertising Age Award (melhor comercial de TV), feito não registrado por nenhum outro ator ou atriz das três categorias.

Quando resolveram filmar  a passagem na guerra  do Presidente Kennedy, mostrando sua atuação heróica como capitão do barco PT, Cliff Robertson foi pessoalmente indicado pelo presidente americano para viver seu personagem na tela.

O filme se chamou 109-PT.

Em 1977 Cliff Robertson foi protagonista de rumoroso caso em Hollywood. Descobriu que seu nome havia sido forjado em um cheque de US$ 10,000, embora o dinheiro não fosse devido a ele. Descobriu que a falsificação tinha sido realizada pelo chefe da Columbia Pictures, David Begelman.  Não hesitou em fazer a denúncia, provocando um dos maiores escândalos de Hollywood, nos anos 70.

Por sua atuação contra a corrupção cooperativa de Hollydoow, foi homenageado pelo Deputado Morris Udall, no Congressional Record.

Depois disto, se afastou das telas e só voltou em 1983 em Brainstorm, após o que fez poucos filmes, preferindo viver perto dos filhos (um de cada casamento), em suas duas casas, uma em Moinho de Água (Long Island, Nova York), outra em La Jolla,onde nasceu.

Um dos principais hobbies de Cliff Robertson é o avião, e é colecionador de aeronaves raras e antigas.  Entre outros, possui vários Havilland Tiger, um Miessershmidt Bf 108 e um autêntico avião da Segunda Guerra Mundial, Mk.IX Supermarine Spiftfire MK923.

Piloto aviadorcomercial licenciado, foi várias vezes homenageado por entidades de aviação, como o Prêmio da Associação de Aeronaves Experimentais, o Soaring Society of America Award e o AOPA Prêmio Sharples de Resgate Vôo em África.

É esportista e apesar da idade, joga tênis e pratíca sky, geralmente em competições de caridade.

Jô Soares, quando ainda atuava na TV Record, entrevistando Cliff Robertson


Sua agenda está sempre lotada com palestras e outras atividades culturais e filantrópicas,.

Atende a mais de 50 instituições de caridade, com doações ou participação pessoal em eventos de arrecadação de fundos.

Cliff e Dina formavam um casal simpático e muito agradável, no contato conosco.  Ele participou de várias atividades promocionais, inclusive foi aos programas do Jô Soares, na Record e Almoço com as estrelas, de Ayrton e Lolita Rodrigues.

Encantou os jornalistas na entrevista coletiva num hotel da cidade, e tomou uma atitude inédita, coisa que nunca havia acontecido antes em uma coletiva da qual participei, como organizador, divulgador e intérprete.

Ao término de todas as perguntas, declarou: “Já fui jornalista, e sei que alguns gostam de fazer perguntas exclusivas ou abordar um aspecto que escapou das perguntas coletivas. Estou à disposição, de um por um, para quem quiser fazer perguntas exclusivas para seu veículo”.

Foi aplaudido e ficou mais de uma hora, conversando em separado com cada repórter.

À noite, em companhia dos diretores e esposas dos diretores da Condor Filmes e Hawai, fomos ao Terraço Itália, onde Cliff e Dina ficaram encantados com a vista noturna e dançou com minha esposa, grávida de 5 meses de minha filha caçula, Joyce.

No dia seguinte, descobrimos que era seu 46º aniversário e oferecemos a ele, um almoço intimo, com direito e bolo, velinhas e parabéns a você, num restaurante que havia anexo ao extinto cine Gazeta (hoje teatro), A confraternização se estendeu até as 17 horas, quando tivemos que levantar e levá-los para o aeroporto de volta a Los Angeles.

Indescritível minha emoção em 2002, ao vê-lo em forma e elegante, retornando ao cinema, num pequeno papel em “Homem Aranha”, aos 79 anos de idade...

mkus@uol.com.br

Leia também:

A EXECUTIVA BEM SUCEDIDA
17/07/2014 - 11:16
A executiva bem-sucedida sentiu uma pontada no peito, vacilou, cambaleou. Deu um gemido e apagou. Quando voltou a abrir os olhos, viu-se diante de um imen...


MARILYN MONROE E ELIZABETH TAYLOR TIVERAM RITUAL JUDAICO EM SEUS FUNERAIS
06/04/2011 - 9:50
A perda foi mais recente de um ícone de Hollywood, foi Elizabeth Taylor, que faleceu no dia 23 de março e foi enterrada no dia seguinte num funeral discre...


'HAIR' estreia em São Paulo dia 13 de janeiro
10/01/2012 - 17:27
"Hair" é um grande espetáculo que se tornou um mito. Estreado em abril de 1968 no Biltmore Theatre, correu o mundo, inclusive o Brasil, onde tivemos várias...


MEU NOME É TAUFIK JACOB. MAS PODEM ME CHAMAR DIONISIO AZEVEDO
13/01/2011 - 15:0
Em 6 de outubro de 1973, a população de Israel se preparava para as orações do Yon Kipur, a data religiosa sagrada das hebreus, quando jejuavam e ficavam ...


RENT de Jonathan Larson Estreia dia 14 de Dezembro no Teatro Shop. Frei Caneca
05/12/2016 - 12:38
Obra universal, traduzida para mais de 22 idiomas e apresentada em mais de 100 cidades, musical ganha nova montagem nacional com apresentações às terças e ...


OSWALDO MASSAINI, O HOMEM DOS CEM FILMES
08/10/2009 - 15:18
Enquanto todos os produtores do cinema brasileiro mamavam nas tetas da Embrafilme, Oswaldo Massaini produzia seus filmes com capital próprio. Produziu 62 f...


O TEATRO DE REVISTA COMEMORA 150 ANOS. PORQUE COMEMORAR? O TEATRO DE REVISTA MORREU...
29/10/2009 - 16:57
O teatro de revista brasileiro surgiu em 1859, no Teatro Ginástico do Rio de Janeiro, portanto está comemorando 150 anos. Uma data para festejar, mas como...


CHI, LÁ VEM A CHATA DA BRIGITTE BARDOT, DE NOVO
28/02/2011 - 18:16
O carioca, na sua irreverência, não perdoou Brigitte Bardot, pelo excesso de aparições nos lugares da moda da Cidade Maravilhosa, depois de passar várias...


OSWALDO DE OLIVEIRA O GALANTE "CARCAÇA" DO CINEMA BRASILEIRO DA BOCA DO LIXO.
13/03/2013 - 11:15
Leio os jornais de hoje e fico impressionado com o número de reportagens e matérias elogiando Oswaldo de Oliveira e seu grande feito de ontem (10/03/) no...