Mauricio Kus
PARA A DUPLA TELECO E TECO, PALHAÇADA É UM BOM NEGÓCIO E CHEGA AO LICENCIAMENTO


Por Mauricio Kus, 07/11/2011 às 15:21

PALHAÇOS TELECO E TECOResgatando a magia da inocência das crianças e seus momentos de lazer e divertimento, a empresa Planeta Alegria criou a dupla de palhaços Teleco e Teco, que nos últimos oito anos percorrem as escolas públicas e particulares do ensino infantil, em vários estados do Brasil, realizando shows onde, o repertório clássico dos velhos palhaços de circo vem acompanhado de números musicais fartamente aplaudidos pelas crianças (e até por adultos), que acompanham o ritmo ao som de palmas, e gritinhos de alegria.

Os irmãos Leandro Bueno (29) e Adriano Bueno (34), compõe a dupla que se apresenta como Teleco e Teco, com a essência do circo tradicional. Ambos foram nascidos e crescidos no picadeiro e agora trocam a lona do circo pelo palco dos teatros, e pelo recreio das escolas.

Terminaram recentemente temporada no Teatro Nair Belo e já agendaram um show de Natal, no mesmo teatro. E entram a fundo no mundo dos negócios, através do licenciamento de uso de marca e imagem para produtos de consumo.

Segundo Luis Angelotti, presidente da Angelotti Licensing, empresa que licencia os personagens no Brasil: “Teleco e Teco tem imagem e conteúdo suficientes, adquiridos em centenas de shows pelo país, para dar suporte ao desenvolvimento de um programa de licenciamento, assim como inúmeros personagens que povoam o imaginário das crianças e se reverteram em produtos.”

Representando Teleco e Teco desde junho de 2011, a Angelotti Licensing já tem uma lista expressiva de licenciados, como Festas, Casa & Vídeo, Promo One, Procol, Rubies Fantasia, Toy’Pelúcia, Deomar Editora, Alive Concerts, Impower, Tecnyl e Rezan.

Produtos os mais variados, dentre ele, bonecos abraçadinhos, DVD musical, revistas de atividade e colorir,cartonados, bichos de pelúcia, tapete para colorir, já estão em fase de final de desenvolvimento ou em produção, devendo – boa parte – chegar às lojas antes do Natal.

Em media o royalty cobrado pelo licenciamento de uso da marca é de 10%, mas algumas categorias, como alimento, por exemplo, podem ser negociados. “A previsão é que em 2012, a marca gere R$ 150 milhões, a preço consumidor final”, afirma Angelotti.


ESCOLAS, FESTAS INFANTÍS, TERCEIRA VIA

Teleco e Teco estão presentes nas escolas do país, com shows lúdicos que tratam do tema da ecologia e meio ambiente. Nestes eventos, a dupla instala uma lojinha nos colégios e teatros onde se apresenta, comercializando seus DVD’s e alguns produtos já disponíveis no mercado, disseminando o grau de reconhecimento da dupla.

Outra atividade da dupla é apresentação de shows em festas infantis (R$2.000,00 em média), com duração aproximada de uma hora.

Terceira via é um programa que está no projeto de apresentações da dupla, que já realizou shows na AACD, Fundação Cafú e Sociedade Pestalozzi de São Paulo. Atualmente, Teleco e Teco apóiam a Fundação Dorina Nowill e o projeto "Seja do bem você também". Apresentações gratuitas em favelas – para crianças carentes – estão na mira da dupla.


INTERNET E NOVIDADES

A profissão de palhaço remonta os períodos mediáveis, mas Teleco e Teco são personagens de nosso tempo e interagem com seu público através da internet, também. Eles têm um site, onde está sendo criado um espaço para as crianças se cadastrarem no fã clube e nas redes sociais, o que deve fazer o número de seguidores e crianças fãs crescer de forma vertiginosa.

A dupla já tem quatro DVD’s, que venderam 500 mil cópias em 2010. Acabam de fechar um contrato com a empresa Alive Concerts, licenciamento para lançar o DVD no grande varejo.

A dupla vai invadir as bancas de jornal, com a venda de álbum de figurinhas e um gibi, e possivelmente, livros educativos e de colorir, através de um contrato com a Deomar Editora, cujos produtos já estão em fase de aprovação.

O público alvo da dupla é de 0 a 6 anos, e com o licenciamento na área de brinquedos, programado para o ano de 2012, o universo de negócios com sua imagem deve se expandir em todos os sentidos.

E com todas estas atividades, Teleco e Teco, sob a organização do Planeta Alegria e Angelotti Licensing, prometem mudar o famoso bordão “E o palhaço, o que é”? para “E o palhaço o que é? Um divertido empresário de negócios”

mkus@uol.com.br



Leia também:

O Quebra-Nozes - NATAL SEM BALLET "O QUEBRA NOZES" NÃO É NATAL
13/12/2009 - 21:45
A CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, que comemora 32 anos de existência, com sucesso de público e de crítica em todo o Brasil e exterior, estará realizando a produ...


POSSE DE OVADIA SAADIA COMO PRESIDENTE DA FEBRACOS
20/05/2015 - 12:20
Palestras, homenagens e posse de Ovadia Saadia na programação do III Congresso Nacional da Obme em São Paulo presidida por Adelina Alcantara Machado. A Org...


SESI-SP LANÇA PROJETO PARA TEATRO MUSICAL
23/05/2013 - 17:29
Ação multidisciplinar utilizará o Teatro Musical como instrumento de aprendizado e desenvolvimento criativo dos alunos da rede SESI-SP de ensino; projeto ...


NO TEMPO EM QUE ERA CHIC FAZER AVANT PREMIÉRE NO CINEMA
10/08/2009 - 20:29
Até o final do século passado (falar em século passado dá a impressão de que somos umas múmias, quando estamos nos referindo apenas aos anos 70 a 90), avan...


ZIPPO cresce e novas linhas exclusivas serão lançadas no Brasil
20/01/2015 - 10:24
A Zippo cresceu 19% em vendas em 2014 comparado com 2013. Como resultado os diretores de seu representante e distribuidor exclusivo no país, Masterbrands B...


Espetáculo A Noviça Mais Rebelde com Wilson de Santos - Teatro Renaissance, São Paulo
24/11/2015 - 09:58
O espetáculo A Noviça Mais Rebelde volta ao cartaz em São Paulo para comemorar 7 anos de sucesso. A comédia já circulou pelo Brasil fazendo mais de 400 apr...


OS ATIVISTAS QUE LEVARAM OS BEAGLES DO INSTITUTO ROYAL PODERIAM CARREGAR OS ELEFANTES QUE SOFREM NO CATIVEIRO
05/11/2013 - 10:2
Dumbo, batendo papo com o Snoopy, levantou o assunto. “Agora que os ativistas invadiram o Instituto Royal e resgataram os pobres beagles que lá estavam se...


CLIFF ROBERTSON, A VITÓRIA DO BOM MOCISMO EM HOLLYWOOD
07/06/2011 - 11:15
Hollywood tem uma longa história de atores que criaram problemas para os estúdios, levando os produtores e diretores à loucura, com suas exigências, vidas ...


QUEM MATOU O CINEMA DE RUA?
07/11/2009 - 13:53
Esta é uma charada que nem Sherlock Holmes conseguiria decifrar. São tantas as causas que acabaram com o cinema de rua, que um cirurgião diria que o pacien...