Mauricio Kus
Exposição Estrelas errantes: "Memória do Teatro Ídiche no Brasil" - MIS (Museu da Imagem e do Som) em São Paulo


Por Mauricio Kus, 15/07/2013 às 12:26

Estrelas errantes: Memória do Teatro Ídiche no Brasil acontece de 17 de julho a 15 de setembro e traz cartazes do artista Lasar Segall, entre outros.

Abre nesta quarta, 17 de julho, a exposição “Estrelas errantes: Memória do Teatro Ídiche no Brasil”, no MIS (Museu da Imagem e do Som) em São Paulo.


Com curadoria do historiador Nachman Falbel e da professora e pesquisadora Anat Falbel, a mostra é resultado de uma longa pesquisa sobre a cultura ídiche no país e reúne cartazes e fotografias originais, nunca antes apresentados ao público.

A exposição traz aos visitantes uma ampla visão do teatro profissional e amador das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo no século 20. Entre outros elementos iconográficos da mostra destacam-se os cenários e figurinos do artista Lasar Segall e a peça “A Sorte Grande”, escrita por Sholem Aleichem em 1916 e dirigida por Zygmunt Turkow, que também atuava junto ao grupo de teatro “Os Comediantes”, no Rio de Janeiro.

Sobre o Teatro Ídiche

Trazido para as Américas pelos imigrantes da Europa Oriental, essa cultura sedimentada durante séculos do teatro iídiche foi dizimada em seus países de origem durante a ocupação alemã na Segunda Guerra Mundial e, posteriormente, pelo regime stalinista. Depois, sofreu em todo o mundo o acelerado processo de aculturação que tomou conta das comunidades judias.

O moderno teatro ídiche, como o conhecemos, surgiu no século 19 e teve um de seus melhores momentos com Abraham Goldfaden (1840-1908), que encenou suas peças na Romênia a partir de 1876. Inicialmente, o teatro apresentou-se como expressão artística de entretenimento das camadas populares, mas aos poucos passou a atrair a intelectualidade judaica, elevando seu nível literário e dramatúrgico.

Graças a escritores talentosos da época, o teatro ídiche acabou sendo importante meio de reflexão sobre questões sociais, políticas e culturais do mundo judaico, daí o surgimento de um grande número de companhias, que deram notável contribuição à arte da representação teatral.

A presença do teatro ídiche no Brasil pode ser notada nos círculos de teatro amador no Rio de Janeiro e em São Paulo, e em mais algumas capitais brasileiras. Atores e diretores europeus foram chamados para atuar em instituições culturais locais trazendo seu conhecimento e experiência. Assim como a literatura e a imprensa, o teatro ídiche teve seu momento áureo como parte da cultura do imigrante.

Os grupos teatrais que passaram pelo país, assim como os grupos ou círculos dramáticos locais, deixaram às gerações posteriores um importante lastro cultural. As gerações que os sucederam devem se preocupar em mantê-los.

Estrelas errantes: Memória do Teatro Ídiche no Brasil
MIS - Av. Europa 158.
Terça a sexta-feira, das 12h às 21h.
Sábados, domingos e feriados das 11h às 20h
Preço: R$ 6 (inteira) R$ 3 (meia)
Gratuito para menores de 5 anos.
Livre




Leia também:

DEPOIS DE MILTON NASCIMENTO É A VEZ DE LUPICINIO RODRIGUES TER UM ESPETÁCULO MUSICAL EM CARTAZ EM SÃO PAULO
29/04/2013 - 14:25
Recentemente tivemos uma temporada vitoriosa retratando a vida e a música de Tim Maia. No momento está em cartaz em São Paulo um espetáculo dedicado a Mil...


O MAIOR PAPEL DE YUL BRYNNER FOI NA VIDA REAL: MORREU COM MUITA DIGNIDADE E DEIXOU UM LEGADO PARA A HUMANIDADE
03/02/2010 - 21:2
Ator de dezenas de filmes e sucessos no teatro, por 30 anos consecutivos representando na Broadway e em excursões pelas maiores cidades dos Estados Unidos,...


Aula Magna com Stálin no CCBB SP - direção de William Pereira
26/05/2015 - 15:41
Em cena, os personagens Stálin, Jhdanov, Prokofiev e Shostakovich. A peça tem direção de William Pereira e estreia dia 21 de maio no CCBB SP. Um espetácul...


HISTERIA - De Terry Johnson. Tradução e direção Jô Soares - NOVA TEMPORADA - Teatro Shop. Frei Caneca
25/09/2016 - 15:49
Escrita em 1993, comédia teatral do autor britânico Terry Johnson ganhou direção de John Malkovich e sua montagem foi aclamada por diversos países da Europ...


CLAUDIA RAIA. DE PERNAS PRO AR. DE PÉS NO CHÃO
16/12/2009 - 18:54
Papai Noel chegou dois dias adiantado na família Motta Raia;. Em cumplicidade com a cegonha, Papai Noel entregou no dia 23 de dezembro de 1966, em Campinas...


MARILYN MONROE E ELIZABETH TAYLOR TIVERAM RITUAL JUDAICO EM SEUS FUNERAIS
06/04/2011 - 9:50
A perda foi mais recente de um ícone de Hollywood, foi Elizabeth Taylor, que faleceu no dia 23 de março e foi enterrada no dia seguinte num funeral discre...


O OSCAR E NATALIE PORTMAN – A PRIMEIRA INDICAÇÃO BATEU NA TRAVE, NA SEGUNDA FEZ UM GOL DE PLACA COM “CISNE NEGRO”
20/03/2011 - 13:34
Natalie Portman, que vai completar 30 anos em junho deste ano, tem uma carreira invejável e grandes trunfos, não obstante ser ainda muito jovem e ter muit...


O ENCONTRO DE DOIS MONSTROS SAGRADOS DO TEATRO; PAULO AUTRAN E JANET SUZMAN
14/05/2010 - 19:05
Aconteceu em 1972 durante o lançamento no Brasil do filme inglês distribuído pela Columbia Pictures, “Nicholas e Alexandra”, dirigido por Franklin J. Sch...


O ACTORS STUDIO QUASE VEIO AO BRASIL, MAS..PAROU NO GRID DE LARGADA
17/11/2009 - 11:38
Conheci Thamas Rohony em 1966, ano em que foi lançado em São Paulo o filme “Grand Prix”, uma super produção de Hollywood, dirigida por John Frankenheimer, ...